Investimos na sociedade

A filosofia Würth assenta em factores que vão muito além do crescimento, produtividade e rentabilidade. A ligação da arte ao mundo do trabalho é um objectivo e uma característica notável do empenhamento cultural da Würth. Os museus em Künzelsau e Schwäbisch Hall foram construídos por iniciativa de Reinhold Würth, um colecionador de obras de arte há 60 anos e seu grande promotor.

Além da atividade benemérita, para instituições de solidariedade social, a Würth tem um papel importante na formação de jovens.

O intercâmbio com as escolas da região, no sentido da concessão de estágios a alunos, tem sido um projeto de sucesso.

Para nós, na Würth, o factor humano é um dos pilares da nossa gestão.

As ofertas culturais e sociais complementam o trabalho quotidiano dos colaboradores no âmbito de uma cultura empresarial dinâmica, sendo uma parte ocupada pelos museus. Vista como um investimento nos recursos humanos e não como um luxo, assim foi caracterizado este projeto privado por um político, a arte tem por objectivo transmitir qualidade de vida e de trabalho aos colaboradores e também ao público fora dos centros culturais.